quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Envelhecer com sabedoria

Após uma reunião que discutia saúde na escola peguei uma carona com a terapeuta ocupacional até perto da minha casa, mas, antes ela precisava passar num lar para idosos e eu acompanhei.

Fiquei pensando em compartilhar com vocês esta visita, pois nada na vida é por acaso.

Logo que cheguei comecei a conversar com uma senhora que tinha dificuldades para falar e estava numa cadeira de rodas. Logo ela me contou que sofreu um AVC há 6 anos e que logo depois seu esposo faleceu e, sem filhos, acabou indo para o lar. Na juventude era professora de dança e agora, com um lado paralisado tem dificuldades de locomoção.

Por várias vezes elogiou o tratamento que recebe no lar e disse se sentir feliz lá, com seus amigos.

O que me chamou mais atenção foi que começamos a falar sobre beleza e ela me disse que é muito vaidosa, mesmo paralisada de um lado consegue pintar seu cabelo sozinha (disse ter horror a cabelo branco!) e reparei que estava com anéis e unhas pintadas.

Ela me contou que foi muito dificil pra ela lidar com o AVC no começo, chorava muito e tinha vontade de se esconder quando chegavam visitas porque tinha vergonha da sua aparência, segundo ele a beleza acabou e sentia-se feia. Agora, já se sente um pouco mais conformada.

Fiquei pensando em como é importante saber envelhecer com sabedoria e aproveitar cada dia como se fosse o único, pois não sabemos o dia de amanhã, não é mesmo?!

Apesar do sofrimento esta senhora não entregou os pontos e está aprendendo a tocar teclado, mesmo com uma só mão, acreditam?

Fiquei muito feliz com o exemplo desta senhora, que encontra a cada dia nova razão pra viver e feliz também em constatar como esistem instituições sérias que tratam os idosos com respeito e carinho.

Fiquei sabendo lá que estamos na semana do idoso e resolvi compartilhar com vocês o texto abaixo, de D. Helder Câmara:

Agora que a velhice começa, preciso aprender com o vinho a melhorar envelhecendo e, sobretudo, a escapar do perigo terrível de, envelhecendo, virar vinagre.

É tão importante saber envelhecer! Saber descobrir o encanto de cada idade. Sem dúvida, há limitações que a velhice traz.

Mas feliz de quem envelhece como frutas que amadurecem sem travo... Feliz de quem envelhece por fora, conservando-se em compreensão para com tudo e para com todos, caminhando, sempre mais no amor de Deus e no amor do próximo...

Quem conserva acesa a sua chama, quem mantém entusiasmo pelo que faz, quem sente razões para viver pode ter o rosto cheio de rugas e a cabeça toda branca, ainda assim é jovem!

Quem não entende a vida e não descobre a razão para viver e não vibra, não se empolga, pode ter vinte anos, mas já envelheceu.

Qualquer que seja sua idade, guarde estes pensamentos: "O importante não é viver muito ou pouco, mas realizar na vida o plano para o qual Deus nos criou.

As rosas, a rigor, vivem um dia. Mas vivem plenamente porque realizam o destino de graça e de beleza que vêm trazer à Terra."

Se sentirem que os anos passam e a mocidade se vai, peça a Deus, para si e para os que se tornam menos jovens, a graça, de envelhecendo, não azedar, não virar vinagre.

Cada fase em nossa vida é única, e como tal deve ser vivida... O dom da vida que nos foi dado, deve sempre ser valorizado no momento atual, pois não sabemos até quando vai nossa missão nesse pequeno espaço que ocupamos...

Saber amadurecer pode ser uma arte, mas com certeza, arte maior é saber desfrutar com todo sabor o doce de se tornar um pouco mais maduro a cada dia...

4 comentários:

Blog Consuma com Moderação disse...

Oi Wan!
Que lindo!
É tão gostoso poder aprender com eles que tem tanta experiência de vida.
Adorei o post!
Beijos,

Wan disse...

Olá Rô,

Fico feliz que tenha gostado... realmente foi um fim de tarde maravilhoso!


Beijos!

Thays disse...

Que lição de vida.. Lembro de quando eu fazia visitas frequentes a asilos.. A gente aprende cada coisa, aprende a dar valor à vida nos mínimos detalhes..

Aprende que nossos problemas são tão pequenos e volta sempre renovado para casa..

Obrigada Wan.. por reacender isso em mim.. já havia me esquecido como era bom..

Beijos


http://cutucacutuca.blogspot.com/

Anônimo disse...

Olá Wan

Adorei a postagem, singela e comovente.

parabéns por lembrar-nos da semana do idoso e também que e beleza da matéria é passageira, por isso, investimos também na pureza e beleza da alma!!!!

Beijos!

Eliane