sábado, 30 de outubro de 2010

Pra refletir....


Olá amigas queridas,

Indo trabalhar semana passada uma amiga professora querida (oi Rôôô... é vc!) disse que o seu tipo de homem lindo ideal é o John Lennon kkkkkk! Eu ri até... achei super eclético, sabe!!!

Hoje, li este texto dele, e, achei tão bacana que resolvi publicar em homenagem a ela, e também porque tem tudo a ver com o momento que estou passando. Vamos ao texto:

"Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer,
só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos.

Não contaram pra nós que amor não é acionado,
nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.

Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo.

Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava.

Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos.

Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.

Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.

Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.

Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho.

E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."

John Lennon

E aí, o que acharam??? Daqui a pouco eu volto falando de beleza.... beijos!

7 comentários:

Denise Mercedes disse...

Brilhante! Adorei o cabeças tortas...

E o final diz tudo! O "saber amar" começa com a gente mesmo.

Bjs e ótimo feriado!

Anônimo disse...

Oi, bom dia!

Minha primeira vez no seu blog. Adorei o texto. Engraçado sua amiga achar ele ( O Lennon!) um gato!

rssssssss

Beijo!

Adriana Carrara

Cubatão - SP

Monike disse...

bom fds amoreca

Vanessa disse...

Que texto lindo amiga, gostei muito. Bjss Van
http://gordelicias-vanessa.blogspot.com/

Letícia C. disse...

Lennon era incrível, né?
Pelos seus textos e músicas eu acho que ele tinha a personalidade forte, do tipo que não muda o que pensa por nada. E eu, particularmente, me identifico com os pensamentos/ideais dele.

Bom sábado. =*

Irmas GG disse...

Wan adoreii o texto, tão real e tão expressivo; resume mto bem o que muitas pessoas tem vivido por na verdade ter um conceito errado ja tinha lido o texto mas nao sabia que era de John Lennon;
Lindooo
Bejoos florzinha

Uso e Use disse...

Muito bom o texto e parabéns pela iniciativa de escrever coisas que valorizam o ser humano com todos os defeitos que tem e ignorando esteriótipos.

Beijinhos linda!