quinta-feira, 29 de julho de 2010

Tudo pode dar certo



Finalzinho de férias e, nesta quarta o programa escolhido foi cinema (pra variar!)

Sempre é uma delícia sentir os ares do Bela Artes, bem acompanhada... e antes do filme que tal um vinhozinho pra relaxar mais ainda?

O filme escolhido foi Whatever Works, de Woody Allen.

Muito bom!!!! Super recomendo... me diverti muito!

EM "Tudo pode dar certo" (título em português) Woody Allen retorna as comédias Nova-Iorquinas, e faz uma análise bem humorada e extremamente ácida do ser humano, usando Boris Yellnikoff como seu porta voz.

Boris Yellnikoff é rabugento, mau humorado, grosseiro, frustrado, e muito muito engraçado. Larry David interpreta Boris, numa atuação digamos...desconcertante. Cheio de piadas rapidas que ficam entre o humor refinado e a mais pura grosseria( eu adorei essas passagens...divertidissimas).

Larry David encarna um homem cheio de neuras, hipocondríaco, e que se acha gênio, aliás não só se acha mas faz questão de dizer isso a toda hora.



Dotado de uma visão realista do mundo, Boris é daqueles que parecem não ter mais jeito... até que entra na sua vida a completa imbecil mas extremamente encantadora Melodie, a atriz Evan Rachel Wood. representa aquilo que Boris mais detesta no ser humano, idiota, cheia de frases prontas, sonhadora e burra ao extremo. Logo que os dois se conhecem já temos momentos engraçadissimos, Boris solta as maiores e mais divertidas frases que se possa imaginar, todas em referência a burrice da menina. Mas melodie parece não estar muito incomodada com isso e ao contrário do que se possa imaginar ela acaba se encantando com a pretensa genialidade de Boris Yellnikoff... e nasce nela uma admiração pelo velho rabugento.



É bacana perceber que Allen foge da mesmice ao contar a história dos dois, porque simplesmente Boris continua chato e pessimista, pois mesmo estando vivendo com a encantadora Melodie, ele não demonstra aquela redenção clichê de tantos outros filmes... não conto mais, vocês tem que assistir!!!!!!

vale a pena assistir no cinema essa comédia inteligente, cheia de diálogos ácidos, personagens que expressam um lado mais cru e divertido do ser humano. Boris Yellnikoff conversa com o espectador ao contar a sua história, brinca com o público que vai ao cinema.

Veja o filme e me conta..............


Imagens: Google

3 comentários:

Blog Consuma com Moderação disse...

Oi Wan!
Adoro dicas de filmes, curto muito assistir um filme com o maridão.
Beijos!

Martika Victorious -Pin up Girlⓡ disse...

vim aqui querida retribuir a visita e dizer que amei seu comentário!
Wan, mudou o percuro também?
Está nno caminho certo querida!
conte comigo sempre!
cheiro da Martika

Dáfni disse...

Wan, que ótima dica! Eu gosto do Woody Allen, principalmente dos filmes mais antigos, quando era ele mesmo que interpretava... mas vou tentar assistir, quando estiver disponível em vídeo!

Beijos